Governador Ronaldo Caiado recebe equipe de Bombeiros que trabalhou nas buscas em Brumadinho

Compartilhar:

Em cerimônia realizada na manhã de terça-feira, 5, os seis bombeiros e seis cães de resgate do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBMGO), que trabalharam nas buscas em Brumadinho (MG), foram recebidos pelo governador Ronaldo Caiado, pelo secretário de Segurança Pública, Rodney Miranda, e pelo Comandante Geral da Corporação, Coronel Dewislon Adelino Mateus. Autoridades civis, entre eles secretários estaduais, e militares acompanharam o evento que foi realizado no pátio do 1º Batalhão Bombeiro Militar.

 

O governador Ronaldo Caiado agradeceu o trabalho desempenhado pelos militares e parabenizou em especial a cadela Vênus, a que mais localizou vítimas da tragédia em Brumadinho. Durante o evento também foram entregues cinco novas Unidades de Resgate (URs), além de materiais e equipamentos para a Corporação. Os veículos vão reforçar o atendimento de resgate pré-hospitalar do CBMGO.

 

Os bombeiros goianos que formaram a equipe são especialistas no atendimento de ocorrências com vítimas desorientadas ou desaparecidas em matas, escombros, deslizamentos ou na água. Os cães de salvamento são capazes de fazer buscas de pessoas vivas ou mortas em áreas rurais, áreas deslizadas e estruturas colapsadas e possuem certificação internacional. Usando o faro, os cães podem fazer varreduras em áreas rurais de 30 mil m² em cerca de 20 minutos, o que consumiria aproximadamente 30 bombeiros executando uma busca em linha.

 

Os bombeiros militares e os animais foram enviados a Brumadinho no sábado, 26 de janeiro, dia seguinte ao rompimento da barragem da Vale na cidade. Trabalharam no local mais de 250 bombeiros e 22 cães farejadores de Minas, São Paulo, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Goiás. Dados divulgados pela Defesa Civil de Minas Gerais confirmam que a tragédia deixou 134 mortes confirmadas e 199 desaparecidos. A barragem de rejeitos se rompeu e a lama destruiu o refeitório e o prédio da mineradora, além de pousadas, casas e vegetação.