+Notícias

Fiscalização do Corpo de Bombeiros Militar inspeciona 469 estabelecimentos de diversão noturna em Goiás

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás realizou desde agosto de 2012, somente em Goiânia, 35.716 inspeções técnicas dentro do Projeto Edificação Segura. Destas, 10.571 tiveram caráter de fiscalização (proativas – por iniciativa da própria Corporação).

É importante ressaltar que a fiscalização é feita regularmente, contudo, devido à grande repercussão da tragédiaem Santa Maria(RS), até aqueles estabelecimentos que passaram por fiscalização recente foram novamente fiscalizados em uma força tarefa montada pela Corporação que visitou 469 estabelecimentos em Goiás na última semana.

A meta foi fiscalizar os locais de reunião de público com todo o rigor que as normas específicas de segurança determinam, especialmente os locais usados para shows, de instalações provisórias, abertos e cercados com palcos, camarotes e arquibancadas ou, principalmente, locais fechados e construídos em prédios térreos ou elevados, de forma a dar as garantias necessárias à segurança das pessoas que vão se utilizar do ambiente para se divertir.

Dos 469 estabelecimentos visitados, 101 estavam regulares, 298 foram notificados para cumprir exigências da legislação vigente e 70 foram interditados. Em entrevista coletiva na manhã desta quinta-feira, dia 7, o Comandante Geral do CBMGO, Coronel Carlos Helbingen Júnior, avaliou como positiva a operação e ressaltou que o trabalho dos bombeiros é contínuo na busca da cultura da segurança. Ele disse ainda que a tragédia no Sul fez com que muitos empresários goianos ficassem ainda mais alerta sobre questões relativas à segurança.

As 298 casas notificadas apresentaram problemas pontuais como deficiência na sinalização de emergência ou localização inadequada de extintores. Uma nova vistoria será realizada para avaliar as adequações em cada casa notificada. Além das casas noturnas – alvo dessa primeira fase da operação -, também estão sendo vistoriados os demais locais que reúnem um volume significativo de público.

As atividades técnicas, onde estão inseridas as vistorias e certificados expedidos pela Corporação, representaram 46,32 % do trabalho do Corpo de Bombeiros Militar em Goiás em 2012, quando realizados quase 100 mil ações preventivas. Essa média se mantém nos últimos três anos.

Quase metade do serviço da Corporação hoje é dedicado à prevenção. “Acreditamos que a prevenção é a melhor resposta para evitarmos os acidentes e desastres e domínio de todos aqueles que queiram melhorar o bem estar individual e coletivo”, destacou o Comandante Geral do Corpo de Bombeiros Militar.

A Lei nº 15.802, que instituiu o Código Estadual de Proteção contra Incêndio, Explosão, Pânico e Desastres, é uma das mais modernas e rigorosas do País. Em busca de uma aproximação ainda maior com os diversos setores envolvidos na prevenção de acidentes e na modernização de sua legislação, o Corpo de Bombeiros atualmente realiza uma consulta pública para atualização das normas técnicas – disponível no site da Corporação até 13 de fevereiro deste ano.

As vistorias são constantes e todas as irregularidades são notificadas para que sejam tomadas providências legais necessárias. A população também pode e deve continuar ajudando através de denúncia pelo telefone de emergência 193 ou 199.

Botão Voltar ao topo
Skip to content
Deseja receber notificações e informativos publicados diariamente em nosso site?    Sim Não obrigado