+Notícias

Caminhadas no Vaca Brava marcam lançamento da Campanha de Política de Atenção Integral à Saúde do Homem

A equipe da área técnica de Saúde do Homem, da Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO), promove duas caminhadas no Parque Vaca Brava, em Goiânia, nesta sexta-feira, 7, para marcar o lançamento da campanha sobre a Política de Atenção Integral à Saúde do Homem. Durante as caminhadas, uma às 8h e a outra às 17h30, os profissionais vão distribuir material informativo com dicas para esclarecer, sensibilizar e conscientizar a população masculina de 20 a 59 anos de idade, sobre a importância de buscar os serviços de saúde para prevenir várias doenças.

Paralelamente, a SES-GO deflagra mídia em TV, rádio, jornal além de peças elaboradas para motivar os homens a cuidar da saúde. A campanha é dirigida  também aos pais que acompanham as esposas no pré-natal, orientando-os sobre a importância de consultas e exames de rotina.

Pesquisas mostram que o homem vive em média sete anos menos que a mulher. Eles geralmente têm mais dificuldade de aderir ao tratamento de saúde. A área técnica da Saúde do Homem da SES-GO espera agregar todos os municípios goianos, para a Implantação da Política de Saúde do Homem, de modo que todos os municípios tenham um Plano de Ação com informações estratégicas  que permitam a identificação de metas e ações específicas.

Estratégias

A Política Estadual de Atenção Integral à Saúde do Homem, que vem sendo preparada desde 2010 busca desenvolver ações específicas para a população masculina na faixa etária de 20 a 59 anos e ainda compreender a realidade masculina nos seus contextos socioculturais e emocionais, com a perspectiva de reduzir os índices de morbimortalidade com aumento da expectativa de vida desta população.

Em 2012, a área técnica de Saúde do Homem continuou realizando capacitações nas Regionais de Saúde com a participação dos municípios das respectivas áreas de abrangência, para a Implantação da Política de Saúde do Homem, de modo que todos os municípios tenham um Plano de Ação com informações estratégicas  que permitam a identificação de metas específicas. Um total de 70 municípios goianos já elaborou o Plano de Ação antecipando-se à Portaria 2.566 de 09 de novembro de 2012, que libera recursos específicos para os municípios implantarem a Política de Saúde do Homem.

A política foi criada tendo em vista que o Sistema de Saúde do País têm priorizado programas de atenção à criança, ao adolescente e a mulheres, e mais recentemente a idosos, porém a atenção aos quatro grupos populacionais não é suficiente para tornar o país saudável. “Os homens na faixa etária de 20-59 anos representam 27% da população, por isso a necessidade de implantar no Brasil ações direcionadas aos homens adultos”, frisa a Sub-coordenadora da Saúde do Homem no Estado, Maria Vitória Evangelista.

Mortalidade

Segundo Maria Vitória, a cada três mortes de pessoas adultas, duas são de homens. No Brasil, em 2007, enquanto as mulheres somaram 16.000.000 de consultas ao ginecologista, eles foram 2.000.000 ao urologista, conforme dados citados da PNAISH.

“A prevenção é o primeiro passo para mudar esse cenário”, ressalta Maria Vitória. Ela conta que os homens até chegam ao serviço de saúde, contudo não para buscar a prevenção, mas para o pronto atendimento, já que quando procuram ajuda, a saúde está bastante comprometida,. “Precisamos adequar o atendimento ao contexto do homem”, diz ao pontuar que a maior causa do auto índice de internação e de óbitos em homens são por causas externas, relacionadas a violência por arma de fogo e arma branca, força física, acidentes de trânsito e homicídios.

Para a política ser produzida, municípios do Estado enviaram documento explicando a realidade local e propondo ações. Algumas experiências são exitosas, como o caso do município de Valparaíso de Goiás, que percebendo as barreiras institucionais existentes, realizou adequação de horários e o espaço físico, melhorou o acesso e acolhimento e capacitou os profissionais para terem um novo olhar para a população masculina.  “Na tentativa de estimular o homem a ir para unidade, até a mudança de cor do local foi realizada”, frisa.

Implantação da política Estadual

Em 2009, a partir da publicação da Política Nacional e da Portaria n° 3.209, de 18 de dezembro de 2009, que apoia a implantação da PNAISH por meio de repasse de incentivo financeiro aos Estados, inicia-se o processo de Implantação da Política no Estado de Goiás.

Em 2010 a implantação ocorreu nos municípios selecionados pelo Ministério da Saúde (MS) (Goiânia, Aparecida de Goiânia e Anápolis) e posteriormente, no final de 2011, em Luziânia, Rio Verde, Águas Lindas de Goiás, Valparaíso de Goiás, Trindade e Formosa, (municípios com população acima de 100 mil habitantes).

Em 2012 as 17 Regiões de Saúde foram capacitadas para a implantação desta Política nos seus municípios de abrangência e até o presente momento 17% dos municípios do Estado já enviaram a área técnica de Saúde do Homem/GPE/SPAIS o Plano de Ação Municipal contemplando as estratégias e as ações a serem desenvolvidas para o público masculino da faixa etária especificada.

Política Nacional

A Política Nacional de Atenção Integral a Saúde do Homem PNAISH foi criada em agosto de 2008, e institucionalizada pela Portaria 1.944 de 27 de agosto de 2009. Desenvolvida em parceria entre gestores do SUS, sociedade civil organizada, pesquisadores, acadêmicos e agências de cooperação internacional. O Ministério da Saúde em conjunto com as esferas estaduais que compõem o SUS chamou atenção para a população masculina em função do número de óbitos e por viverem em média 7 anos menos quando comparado as mulheres.

Entre as doenças que mais matam a população masculina estão:
•Câncer – pele, pulmão, estômago, esôfago e próstata
•AVC (derrame)
•Infarto
•Diabetes
•Hipertensão

Cinco Dicas para o Homem que se cuida

•A partir dos 45 anos faça o exame de Toque Retal e o PSA (Antígeno Específico da Próstata) para a detecção do Câncer de Próstata. Se tiver história de alguém na família com qualquer tipo de Câncer, antecipe para os 40 anos;

• Pratique atividade física pelo menos 3 vezes por semana;

• Tenha uma alimentação balanceada. Evite o excesso de sal, açúcar e gorduras;

• Beba pelo menos 2 litros de água por dia;

•Visite regularmente a unidade de saúde da família mais próxima de sua casa para realizar avaliação clínica periódica.

Evento: Caminhadas no Vaca Brava marcam lançamento da Campanha da Política de Atenção Integral à Saúde do Homem

Dia: 07/12-Sexta-feira

Horário: 8h e 17h30

Local: Parque Vaca Brava-Goiânia

Botão Voltar ao topo
Skip to content