CONCESSÃO DAS MEDALHAS DE TEMPO DE SERVIÇO E MÉRITO ÁGUIA DE HAIA MARCA O ANIVERSÁRIO DE 28 ANOS DA EMANCIPAÇÃO DO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR

21319
0
Compartilhar:

Há exatos 28 anos, com a promulgação da Constituição do Estado de Goiás, o Corpo de Bombeiros Militar nascia como instituição independente e autônoma. “Essa data histórica deve ser sempre relembrada porque reflete o sonho de todos que acreditaram em realizar, com dedicação e competência, a bela missão de salvar e proteger vidas e o patrimônio”, explica o Comandante-Geral do CBMGO, Coronel Carlos Helbingen Júnior. Para ele, a autonomia melhorou os serviços prestados, ampliou a presença dos bombeiros no Estado e auxiliou nos investimentos em veículos, equipamentos e aprimoramento profissional.

“Analiso o CBMGO pós-emancipação, em 1989, como uma corporação que nasceu de novo, com muita força e vigor, com um efetivo reduzido, mas que optou voluntariamente pela digna missão de alavancar esta instituição”. Do passado recheado de incertezas ao presente, muitos desafios e conquistas marcaram a trajetória do CBMGO. As aquisições de materiais, a expansão e descentralização dos serviços e a admiração e o respeito conquistados são hoje grandes patrimônios da Corporação. Mas nada é tão importante quanto os homens e mulheres que cotidianamente arriscam suas vidas com dedicação para cumprir nossa nobre missão.

Como forma de celebrar a data e reconhecer a importância desses profissionais, estão sendo concedidas 239 medalhas de mérito por tempo de serviço e 174 Medalhas de Mérito Águia de Haia. A honraria é concedida aos bombeiro militares pelo Comandante Geral do CBMGO, como reconhecimento pelos bons serviços prestados à Instituição. Confira as portarias:

PORTARIA N. 305-17 CG

PORTARIA N. 306-17 CG

 

Compartilhar: